Arquivos
 01/03/2009 a 31/03/2009
 01/12/2008 a 31/12/2008
 01/07/2008 a 31/07/2008
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/10/2006 a 31/10/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 eraOdito - Marcelino Freire
 Amauta Editorial
 Portal Literal
 Paralelos
 Hotel Hell - Joca Reiners Terron
 Jornal de Poesia (Soares Feitosa)
 Jornal do Conto (Soares Feitosa)
 Movimento Literatura Urgente
 Cronópios
 A casa das mil portas
 Além da Rua - Rogério Augusto
 Patife
 Bestiario
 Desconcertos - Claudinei Vieira
 Escrevinhadora - Dóris Fleury
 Tudo Lorota
 Eloísa Cartonera
 Bagatelas!
 Projeto Identidade
 Projeto Identidade - Blog
 Palavras e Lugares - Ana Rüsche
 Peixe de Aquário - Ana Rüsche
 Doidivana - Ivana Arruda Leite
 O Carapuceiro - Xico Sá
 Zunái
 Rato de Livraria
 Calíope - Elisa Andrade Buzzo
 Desafórum - Eduardo Lacerda
 Armazém Literário - Fernanda Garrafiel
 Medianeiro - Fábio Aristimunho
 Papel de Rascunho - Virna Teixeira
 Flores, pragas e sementes - Leandro Jardim
 Algaravária
 Qualquer Nota - Pedro Tostes
 O Casulo
 Doces Enjoativos - AnaR/Del Candeias
 De Novo Nada - Paulo Ferraz
 Dragão na Janela - Geraldo Vidigal
 Hay Tomates! - Carol Marossi




Fóton: Literatura e Outras Partículas
 


NAS ONDAS DO RÁDIO

 

Nesta segunda-feira (25/04), Marcelino Freire "eta danado!" lerá um dos meus microcontos em seu programa/vinheta O MELHOR DA LPB na Rádio Brasil 2000.

 

O microconto é esse aí:

 

ENCANADOR

Aprendeu a dar nó em pingo d´água.

 

A leitura vai ao ar nos seguintes horários:

entre 8:00 e 8:30 e também entre 18:30 e 19:00 horas.

 

Rádio Brasil 2000

FM 107,3

 

Sintonize e "Eta Porra!"



Escrito por Victor Del Franco às 14h05
[] [envie esta mensagem
]





NAS ONDAS DO UNIVERSO

 

Dando prosseguimento à série "Cosmologia e o Ano Internacional da Física" que acontece no Café Filosófico da Livraria Cultura (Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073), o próximo encontro será no dia 28 de abril (quinta-feira) às 19 horas.

 

Tema:

MODELOS COSMOLÓGICOS: PODE O UNIVERSO SER DESCRITO POR EQUAÇÕES?

Conferencista: Roberto D. Dias da Costa

Professor Associado do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP.

 

Resumo da Ópera:

Neste Café Filosófico serão examinadas as principais propriedades da Teoria da Relatividade Geral e como o encontro da física teórica com a astronomia observacional resultou na formulação dos principais Modelos Cosmológicos e os seus respectivos pontos fortes e pontos fracos. Serão examinadas também, a Teoria Inflacionária e as descobertas a ela relacionadas e, finalmente, a evolução do Universo à luz dos mais recentes modelos: como foram seus instantes iniciais e como ele evoluiu para seu o estado atual.



Escrito por Victor Del Franco às 13h36
[] [envie esta mensagem
]





CRÔNICA DE UM FIM ANUNCIADO

 

            De tempos em tempos, surgem notícias nos jornais e na mídia em geral, sobre o possível impacto de asteróides ou cometas com a Terra. Duas das mais recentes ocorreram em 2003 e também nesta última semana de 2005.

            Em 2003, foi o seguinte: um asteróide com 1,2 quilômetro de diâmetro e chamado de 2003 QQ47, aproxima-se da Terra a uma velocidade de 32 km/s e, de acordo com as previsões dos astrônomos, a colisão poderia acontecer no dia 21 de março de 2014. Em 2005, algo bem parecido foi divulgado: o asteróide batizado de 2004 MN4 por enquanto não representa um perigo real, mas se a sua órbita for desviada pela atração gravitacional da Terra, uma colisão pode ocorrer em 2034.

            Nostradamus que não nos ouça, mas notícias como essas são um prato cheio para alimentar a indústria do cinema hollywoodiano. Filmes-catástrofe são produzidos a dar com o pau e sempre há um “herói” americano para salvar o planeta. O fato é que, cedo ou tarde, uma destas rochas (ou icebergs, no caso dos cometas) perdidas pelo espaço vai acabar acertando o alvo novamente... Sad but True... e não há nenhum absurdo nisso, tudo faz parte da dinâmica do próprio Universo.

Senão, vejamos:

 

ARAGUAINHA - BRASIL

 

 

Uma cratera de impacto por meteorito que está localizada entre as cidades de Araguainha e Ponte Branca na divisa dos Estados de Goiás e Mato Grosso. Possui uma dimensão aproximada de 40 km de diâmetro e idade estimada em 300 milhões de anos.

 

CRATERA DO METEORO - ARIZONA/EUA

 

 

Cratera com cerca de 200 metros de profundidade e 1250 metros de diâmetro. Possui idade estimada em 50 mil anos e é resultado do impacto de um asteróide com aproximadamente 40 metros de diâmetro.

 

TUNGUSKA - SIBÉRIA

 

Visão parcial de Tunguska - 1908

 

Visão parcial de Tunguska - 2005

 

Na manhã do dia 30 de junho de 1908 (portanto, a menos de 100 anos), um asteróide, de aproximadamente 50 metros de diâmetro, explodiu no ar sobre o rio Tunguska, devastando uma área de mais de 2000 km2 de floresta. O resultado trágico do impacto só não foi maior porque a explosão ocorreu em uma região escassamente povoada.

 

(continua)



Escrito por Victor Del Franco às 04h45
[] [envie esta mensagem
]





 

PENÍNSULA DE YUCATÁN - MÉXICO

 

 

Se olharmos da superfície, não há nenhum sinal de impacto. Porém, nessa região, existe uma cratera de 200 quilômetros de diâmetro enterrada a centenas de metros. Ela foi confirmada após diversas medições e observações geológicas. Amostras de quartzo foram colhidas e a datação revelou uma idade de 65 milhões de anos. Segundo algumas teorias, este impacto foi um dos fatores que causou a extinção dos dinossauros e muitas outras formas de vida do planeta.

 

SHOEMAKER-LEVY 9 - IMPACTO COM JÚPITER

 

 

 

 

Este cometa foi descoberto em 1993 pelo geólogo planetário Eugene Shoemaker, sua esposa Carolyn e pelo “caçador de cometas” David Levy. Ao passar nas proximidades de Júpiter, ele foi fragmentado em mais de 21 pedaços pela força gravitacional do planeta e entrou em rota de colisão com o mesmo. O impacto ocorreu em julho de 1994, causando grandes explosões e deixando marcas visíveis que ficaram durante semanas na superfície do gigante gasoso.

 

Muitos outros exemplos poderiam ser citados, mas bastam esses para ilustrar a aventura da Vida/Existência aqui na Terra ou em qualquer outro planeta.



Escrito por Victor Del Franco às 04h42
[] [envie esta mensagem
]





MICROCONTO

 

CAPITU DE RESSACA

 

Depois de algumas doses, lançou-me um olhar de tsunami.

 

Victor Del Franco



Escrito por Victor Del Franco às 12h21
[] [envie esta mensagem
]





CORDIS

 

o sol esmorece

no coração

e todo o corpo

à míngua

 

espessa matéria

sobre si mesma

em precipício

 

alucinações

do infinito

e da memória:

                         es

 

gravitações

melancólicas

do crepúsculo:

                         car

 

resquícios

de um céu

em chamas:

                         la

 

hemorragia

silente

do entardecer:

                         te

 

sem nenhuma

bênção

a cidade

se ilumina

com atérias

                         de

                         né

                         on

 

Victor Del Franco



Escrito por Victor Del Franco às 18h01
[] [envie esta mensagem
]





DOM QUIXOTE - 400 ANOS

 

 

 

Num lugar de La Mancha, de cujo nome não quero lembrar-me, vivia, não há muito, um fidalgo, dos de lança em cabido, adarga antiga, rocim fraco e galgo corredor. Passadio, olha seu tanto mais de vaca do que de carneiro, as mais das ceias restos da carne picados com sua cebola e vinagre, aos sábados outros sobejos ainda somenos, lentilhas às sextas-feiras, algum pombito de crescença aos domingos, consumiam três quartos do seu haver. O remanescente, levavam-no saio de velarte, calça de veludo para as festas, com seus pantufos do mesmo; e para os dias de semana o seu vellori do mais fino. Tinha em casa uma ama que passava dos quarenta, uma sobrinha que não chegava aos vinte, e um moço da poisada e de porta afora, tanto para o trato do rocim, como o da fazenda. Orçava na idade o nosso fidalgo pelos cinqüenta anos. Era rijo de compleição, seco de carnes, enxuto de rosto, madrugador e amigo da caça. Querem dizer que tinha o sobrenome de Quijada ou Quesada, que nisto discrepam algum tanto os autores que tratam na matéria; ainda que por conjeturas verossímeis se deixa entender que se chamava Quijana. Isto, porém, pouco faz para a nossa história; basta que, no que tivermos de contar, não nos deviemos da verdade nem um til.

 

_________

 

Para homenagear e comemorar os 400 anos da publicação da obra genial que, segundo muitos, deu origem ao romance moderno, físicos espanhóis reproduziram o primeiro parágrafo de DOM QUIXOTE num chip de silicone. Para que se possa ler tal homenagem, somente com o auxílio de um microscópio.

 

Estivesse vivo, Cervantes na certa diria:

 

     Mas que tremenda Quixotada! Não é mesmo, Sancho?

 

 

Microscópios e Quixotadas à parte, esta é uma obra para ser lida e relida muitas vezes. Uma aventura que nunca termina.

 

QUIXOTE VIVE!



Escrito por Victor Del Franco às 00h54
[] [envie esta mensagem
]





MURO DE TORDESILHAS

 

A Editora Amauta lançará, na próxima quinta-feira (07/04), seis pequenos livros que fazem parte da coleção Muro de Tordesilhas.

Os livros possuem contos bilíngües (português e espanhol) de autores brasileiros e latino-americanos.

A distribuição será gratuita e acontecerá em três cidades: São Paulo, Buenos Aires e Cidade do México.

 

Os seis primeiros títulos são os seguintes:

 

Ciudad Ácida - Marcelino Freire

Cuentos - Rogério Augusto

Un Acreedor del Ministerio de Economia - Qorpo Santo

Os Imigrantes - Horácio Quiroga

Uma Pena Extraordinária - Martin Kohan

O Pássaro Azul - Rubén Darío

 

O lançamento será na Livraria da Esquina

Rua Caetés, 489 - Perdizes

Quinta-feira 07 de abril, a partir das 19h30

 

Para quem quiser conhecer um pouco mais

sobre o trabalho da Editora Amauta,

é só clicar no link correspondente que está aí ao lado.



Escrito por Victor Del Franco às 23h05
[] [envie esta mensagem
]





URBANÓIDES (2)

 

 

RIVALIDADE

 

            De um lado, o batalhão se aproxima com paus e pedras, empunhando bandeiras e pronto a honrar as suas cores e símbolos. “Até a morte, se for preciso.” – gritam alguns.

            O inimigo, ao notar a movimentação adversária, procura se organizar da melhor maneira possível. O tempo é escasso. Afinal, contra um ataque relâmpago, não há nenhuma estratégia de defesa.

            Aos incautos e desavisados que, justo naquela hora, resolveram ou precisaram passar por ali, não resta nada a fazer. Foram pegos de surpresa no meio de um encarniçado confronto e agora é só rezar miudinho num canto qualquer para não serem atingidos por algum estilhaço da batalha.

            Uma tropa a cavalo chega atropelando e descendo a borracha em meio mundo. Pancadaria e gás lacrimogêneo para dispersar os valentões. Fumaça quase neblina.

            Agora sim, o cenário perfeito! Hooligans e London Fog: o Primeiro Mundo bate à porta bem em frente ao estádio. Lá dentro, arquibancadas vazias e o clássico termina com o placar em branco.

            “Joguinho feio de se ver.” – disseram as testemunhas.

 

Victor Del Franco



Escrito por Victor Del Franco às 02h41
[] [envie esta mensagem
]





APENAS UM MICROCONTO

PERDIDO NA MADRUGADA

Para fechar uma madrugada de sexta-feira/sábado, passada em claro e trabalhando entediado, nada melhor do que um microconto para resistir ao cansaço.

GALANTEIO

Em noite de seresta a lua fica cheia de si.

Victor Del Franco



Escrito por Victor Del Franco às 03h33
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]