Arquivos
 01/03/2009 a 31/03/2009
 01/12/2008 a 31/12/2008
 01/07/2008 a 31/07/2008
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/10/2006 a 31/10/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 eraOdito - Marcelino Freire
 Amauta Editorial
 Portal Literal
 Paralelos
 Hotel Hell - Joca Reiners Terron
 Jornal de Poesia (Soares Feitosa)
 Jornal do Conto (Soares Feitosa)
 Movimento Literatura Urgente
 Cronópios
 A casa das mil portas
 Além da Rua - Rogério Augusto
 Patife
 Bestiario
 Desconcertos - Claudinei Vieira
 Escrevinhadora - Dóris Fleury
 Tudo Lorota
 Eloísa Cartonera
 Bagatelas!
 Projeto Identidade
 Projeto Identidade - Blog
 Palavras e Lugares - Ana Rüsche
 Peixe de Aquário - Ana Rüsche
 Doidivana - Ivana Arruda Leite
 O Carapuceiro - Xico Sá
 Zunái
 Rato de Livraria
 Calíope - Elisa Andrade Buzzo
 Desafórum - Eduardo Lacerda
 Armazém Literário - Fernanda Garrafiel
 Medianeiro - Fábio Aristimunho
 Papel de Rascunho - Virna Teixeira
 Flores, pragas e sementes - Leandro Jardim
 Algaravária
 Qualquer Nota - Pedro Tostes
 O Casulo
 Doces Enjoativos - AnaR/Del Candeias
 De Novo Nada - Paulo Ferraz
 Dragão na Janela - Geraldo Vidigal
 Hay Tomates! - Carol Marossi




Fóton: Literatura e Outras Partículas
 


REUNIÃO DOS ESCRITORES

 

Apenas um recado:

 

Nesta segunda-feira (30/05) a partir das 20 horas acontece outra Reunião dos Escritores no Teatro de Arena Eugênio Kusnet

(Rua Teodoro Baima, 94 - Centro - São Paulo).

 

Mais informações sobre este encontro e toda a proposta que está sendo discutida entre escritores e setores governamentais podem ser obtidas no site "Movimento Literatura Urgente" que tem um link aí ao lado.



Escrito por Victor Del Franco às 21h04
[] [envie esta mensagem
]





A PERSISTÊNCIA DA MEMÓRIA

 

Às vezes, ao acordar, tem-se a sensação viva ou a nítida impressão de que estamos retornando de algum lugar totalmente desconhecido mas que, de alguma forma, sabemos / intuimos / percebemos que este lugar reside em um ponto qualquer da memória. Alucinação? Universos Paralelos? Viagem para outras dimensões? Cada um que dê o nome que bem entender para esse tipo de "Persistência da Memória". Pode ser que tudo não passe apenas de um Lapso.

 

 

 

LAPSO

 

No limite exíguo

entre o sono e a vigília

atravesso o arco escuro

da absurda memória

 

os milésimos de segundo...

os milênios do mundo...

 

aqui o tempo é só desatino

e tudo se cala

 

apenas algumas esferas flutuam,

 

                               inomináveis.

 

 

Victor Del Franco

(Poema do livro A urdidura da tramA)

 



Escrito por Victor Del Franco às 19h52
[] [envie esta mensagem
]





A TEMPERATURA DO UNIVERSO

 

A série "Cosmologia e o Ano Internacional da Física" continua com suas palestras que acontecem no Café Filosófico da Livraria Cultura (Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073), o próximo encontro será no dia 24 de maio (terça-feira) às 19 horas.

 

Tema:

A TEMPERATURA DO UNIVERSO. 

Conferencista: Thyrso Villela Neto

Pesquisador Titular da Divisão de Astrofísica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), do Ministério da Ciência e Tecnologia, em São José dos Campos, SP. Bacharel em Física pela Universidade de Brasília, Mestre e Doutor em Astronomia pela Universidade de São Paulo. Foi presidente da Sociedade Astronômica Brasileira entre 2000 e 2002.

 

Resumo da Ópera:

A Radiação Cósmica de Fundo em Microondas (RCFM) é um sinal eletromagnético de origem cosmológica, uma espécie de fóssil astronômico, que revela o passado mais longínquo do Universo que pode ser observado hoje em dia. É um ruído que permeia todo o Universo. Ela atinge a Terra vinda de todas as direções e pode ser detectada, por exemplo, por um aparelho de TV. Pode-se associar a essa radiação uma temperatura aproximada de 2,7 K e dizer, então, que a temperatura do Universo hoje é de cerca de -270o C. Ou seja, uma temperatura muito baixa. A RCFM é uma das mais importantes informações que temos sobre os primórdios do Universo e é amplamente utilizada no estudo da Cosmologia. O estudo da distribuição espacial da RCFM no céu é importante para que se possa escolher o melhor modelo cosmológico que explique como surgiram as estruturas de matéria que observamos hoje no Universo, como estrelas, galáxias, aglomerados de galáxias e planetas e, em última instância, até mesmo a vida.



Escrito por Victor Del Franco às 13h04
[] [envie esta mensagem
]





UM MICROCONTO

A CADA PORTA

 

Se você gosta de entrar e se perder num labirinto, então precisa conhecer o site "A Casa das Mil Portas". O interessante desse site é que a cada porta que você abre, dá de cara com um novo microconto e eles sempre aparecem de forma aleatória, ou seja, uma visita à Casa nunca será igual a outra, os caminhos se misturam constantemente e você sai de lá quando quiser, porém, jamais saberá se conseguiu abrir todas as portas. E é justamente essa a graça do labirinto. Pra saber direito como é que isso funciona, só mesmo indo até lá para verificar. A visita vale a pena.

 

A propósito: três microcontos de minha autoria estão vagando pela Casa, perdidos nos corredores ou escondidos atrás de alguma porta, esperando que alguém os encontre. Para procurá-los, basta clicar no link correspondente que está aí do lado e apreciar a boa leitura que encontrará na Casa.

 

Em tempo: o organizador e idealizador do site é o webdesigner Nemo Nox.



Escrito por Victor Del Franco às 00h42
[] [envie esta mensagem
]





PEQUENO UNIVERSO

 

BLACK HOLE: STAR

 

Se há no céu um corpo

onde a luz é concebida,

necessário faz-se um outro

que lhe inspire a vida.

 

Victor Del Franco

(Poema do livro A urdidura da tramA)

 



Escrito por Victor Del Franco às 14h36
[] [envie esta mensagem
]





O LADO ESCURO

DO UNIVERSO

 

E prossegue a série "Cosmologia e o Ano Internacional da Física" que acontece no Café Filosófico da Livraria Cultura (Conjunto Nacional - Av. Paulista, 2073), o próximo encontro será no dia 10 de maio (terça-feira) às 19 horas.

 

Tema:

O LADO ESCURO DO UNIVERSO: MATÉRIA ESCURA E ENERGIA ESCURA. 

Conferencista: Rogerio Rosenfeld

PhD em Física pela University of Chicago e professor livre-docente do Instituto de Física Teórica da Unesp.

 

Resumo da Ópera:

Neste Café Filosófico serão examinadas quais são as evidências observacionais que apontam para a atual composição do Universo, a saber: 5% de átomos, 30% de uma partícula elementar ainda não descoberta (matéria escura) e 65% de um meio difuso com propriedades exóticas (energia escura) de origem desconhecida.



Escrito por Victor Del Franco às 13h58
[] [envie esta mensagem
]





MANUEL BANDEIRA

EM DOSE DUPLA

 

 

Nesta segunda-feira (02/05), haverá dose dupla de Manuel Bandeira em Sampa... escolha a sua opção.

 

Livraria da Vila - 19 horas

(Rua Fradique Coutinho, 915)

Na seqüência do projeto Tertúlia, Marcelino Freire fará uma palestra sobre Manuel Bandeira - "O menino que queria ser tuberculoso".

 

Memorial da América Latina - 20 horas

Auditório Simón Bolívar

(Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664)

Libertinagem - espetáculo sobre a vida e a obra de Manuel Bandeira com encenações de seus poemas e a luta do autor para vencer a tuberculose. (entrada franca).

_____

 

AUTO-RETRATO

Provinciano que nunca soube
Escolher bem uma gravata;
Pernambucano a quem repugna
A faca do pernambucano;
Poeta ruim que na arte da prosa
Envelheceu na infância da arte,
E até mesmo escrevendo crônicas
Ficou cronista de província;
Arquiteto falhado, músico
Falhado (engoliu um dia
Um piano, mas o teclado
Ficou de fora); sem família,
Religião ou filosofia;
Mal tendo a inquietação de espírito
Que vem do sobrenatural,
E em matéria de profissão
Um tísico profissional.

 

Manuel Bandeira

(poema do livro Mafuá do Malungo)

_____

 

CÉU

 

A criança olha

Para o céu azul.

Levanta a mãozinha,

Quer tocar o céu.

 

Não sente a criança

Que o céu é ilusão:

Crê que o não alcança,

Quando o tem na mão.

 

Manuel Bandeira

(poema do livro Belo Belo)



Escrito por Victor Del Franco às 15h25
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]