Arquivos
 01/03/2009 a 31/03/2009
 01/12/2008 a 31/12/2008
 01/07/2008 a 31/07/2008
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/10/2006 a 31/10/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 eraOdito - Marcelino Freire
 Amauta Editorial
 Portal Literal
 Paralelos
 Hotel Hell - Joca Reiners Terron
 Jornal de Poesia (Soares Feitosa)
 Jornal do Conto (Soares Feitosa)
 Movimento Literatura Urgente
 Cronópios
 A casa das mil portas
 Além da Rua - Rogério Augusto
 Patife
 Bestiario
 Desconcertos - Claudinei Vieira
 Escrevinhadora - Dóris Fleury
 Tudo Lorota
 Eloísa Cartonera
 Bagatelas!
 Projeto Identidade
 Projeto Identidade - Blog
 Palavras e Lugares - Ana Rüsche
 Peixe de Aquário - Ana Rüsche
 Doidivana - Ivana Arruda Leite
 O Carapuceiro - Xico Sá
 Zunái
 Rato de Livraria
 Calíope - Elisa Andrade Buzzo
 Desafórum - Eduardo Lacerda
 Armazém Literário - Fernanda Garrafiel
 Medianeiro - Fábio Aristimunho
 Papel de Rascunho - Virna Teixeira
 Flores, pragas e sementes - Leandro Jardim
 Algaravária
 Qualquer Nota - Pedro Tostes
 O Casulo
 Doces Enjoativos - AnaR/Del Candeias
 De Novo Nada - Paulo Ferraz
 Dragão na Janela - Geraldo Vidigal
 Hay Tomates! - Carol Marossi




Fóton: Literatura e Outras Partículas
 


ENQUANTO ISSO,

NO ORIENTE MÉDIO...

 

 

 

 

Teocracia

 

– E aí, Yhwh, o que faremos agora?

– Sei lá, Alá, eles que são humanos que se entendam.

 



Escrito por Victor Del Franco às 02h08
[] [envie esta mensagem
]





LOLITA NA PRAÇA

 

 

Lolita, luz de minha vida, labareda em minha carne. Minha alma, minha lama. Lo-li-ta: a ponta da língua descendo em três saltos pelo céu da boca para tropeçar de leve, no terceiro, contra os dentes. Lo. Li. Ta.

Pela manhã ela era Lô, não mais que Lô, com seu metro e quarenta e sete de altura e calçando uma única meia soquete. Era Lola ao vestir os jeans desbotados. Era Dolly na escola. Era Dolores sobre a linha pontilhada. Mas em meus braços sempre foi Lolita.

 

(trecho inicial de Lolita) 

 

 

Nesta sexta-feira, foi lançada na China a primeira tradução do romance Lolita de Vladimir Nabokov  sem os abusivos cortes que até então mutilavam a “inocente sedução”.

 

Este romance, publicado em 1955 por uma editora francesa, gerou conflitos de opiniões desde o início: alguns o consideravam mera pornografia, outros, uma obra-prima. Mas, independente de toda celeuma, o livro conta a história de uma paixão desesperada numa linguagem elegante e cheia de vida. Além disso, Nabokov também aborda a questão da passagem do tempo e os conflitos entre a juventude e a maturidade temperados com uma dose dupla de sensualidade e erotismo.

 

Enfim, depois da Coca-Cola, chegou a vez da pequena Lolita, com sua graça celestial, passear em paz pela praça.

 

 



Escrito por Victor Del Franco às 18h44
[] [envie esta mensagem
]





LOROTAS

 

 

Uma nova edição do site Tudo Lorota já está na rede, com uma entrevista muito legal da escritora Andrea del Fuego que fala, entre outras coisas, de seu livro mais recente Nego Tudo e, também, apresenta uma resenha de Claudinei Vieira para o livro Trevas no Paraíso do escritor Luiz Fernando Emediato. Confira.

 

Além disso, eu participo dessa edição como escritor convidado. O conto que enviei para o sapo Rodrigo é esse aí:

 

 

instável

 

            Hoje o dia está bonito: o céu de um azul envolvente recebe o sopro de uma brisa suave que veio para refrescar e amenizar o calorão infernal que costuma derreter até a alma nessa época do ano. Apesar de tudo, a mocinha do tempo afirmou que há possibilidade de chuvas e trovoadas no final da tarde.

 

 

Pra saber como ele termina, é só clicar aqui e boa leitura.

 



Escrito por Victor Del Franco às 16h08
[] [envie esta mensagem
]





HAIKAI

 

 

 

 

 

Tons de esfera azul

real bem mais que turquesa

celeste e safira.

 



Escrito por Victor Del Franco às 14h04
[] [envie esta mensagem
]





REVIRANDO GAVETAS

 

 

Ontem, remexendo em algumas gavetas e antigas pastas, encontrei um poema esquecido lá nos porões da memória. Reli o tal poema e tentei lembrar o que eu estava fazendo da vida na época em que ele foi escrito (maio 1996). Não foram lembranças muito interessantes, em todo caso, após aparar algumas arestas, eis que o poema vem à luz.

 

Ícaro

 

Não fosse

a insensatez

 

                        o sol

 

que então

farol

 

                        jamais seria

                        algoz

 

 



Escrito por Victor Del Franco às 02h40
[] [envie esta mensagem
]





MICROCONTO

 

 

 

 

Vá pro raio que o parta, São Pedro! - disse São Paulo.

 



Escrito por Victor Del Franco às 19h02
[] [envie esta mensagem
]





ISSO E AQUILO

 

 

Na virada do ano, enquanto você fica olhando o céu explodindo em cores de artifício, outros fogos começam a luzir na cabeça – resoluções e projetos até onde a vista alcança: em 2006 vou fazer isso e aquilo; e também isso e também aquilo; e mais isso e mais aquilo. Deletei completamente. Nesse ano, nada dessa história de ficar planejando isso ou aquilo, a quilo ou a prazo. A preocupação exclusiva será apenas em organizar melhor o meu tempo. Resultado: chegar ao final do ano fazendo tudo isso e tudo aquilo (e até um pouco mais).

 

 

inspiração e transpiração em 2006.



Escrito por Victor Del Franco às 02h03
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]