Arquivos
 01/03/2009 a 31/03/2009
 01/12/2008 a 31/12/2008
 01/07/2008 a 31/07/2008
 01/06/2008 a 30/06/2008
 01/05/2008 a 31/05/2008
 01/04/2008 a 30/04/2008
 01/03/2008 a 31/03/2008
 01/02/2008 a 29/02/2008
 01/01/2008 a 31/01/2008
 01/12/2007 a 31/12/2007
 01/11/2007 a 30/11/2007
 01/10/2007 a 31/10/2007
 01/09/2007 a 30/09/2007
 01/08/2007 a 31/08/2007
 01/07/2007 a 31/07/2007
 01/06/2007 a 30/06/2007
 01/05/2007 a 31/05/2007
 01/04/2007 a 30/04/2007
 01/03/2007 a 31/03/2007
 01/02/2007 a 28/02/2007
 01/01/2007 a 31/01/2007
 01/12/2006 a 31/12/2006
 01/11/2006 a 30/11/2006
 01/10/2006 a 31/10/2006
 01/09/2006 a 30/09/2006
 01/08/2006 a 31/08/2006
 01/07/2006 a 31/07/2006
 01/06/2006 a 30/06/2006
 01/05/2006 a 31/05/2006
 01/04/2006 a 30/04/2006
 01/03/2006 a 31/03/2006
 01/02/2006 a 28/02/2006
 01/01/2006 a 31/01/2006
 01/12/2005 a 31/12/2005
 01/11/2005 a 30/11/2005
 01/10/2005 a 31/10/2005
 01/09/2005 a 30/09/2005
 01/08/2005 a 31/08/2005
 01/07/2005 a 31/07/2005
 01/06/2005 a 30/06/2005
 01/05/2005 a 31/05/2005
 01/04/2005 a 30/04/2005
 01/03/2005 a 31/03/2005

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 eraOdito - Marcelino Freire
 Amauta Editorial
 Portal Literal
 Paralelos
 Hotel Hell - Joca Reiners Terron
 Jornal de Poesia (Soares Feitosa)
 Jornal do Conto (Soares Feitosa)
 Movimento Literatura Urgente
 Cronópios
 A casa das mil portas
 Além da Rua - Rogério Augusto
 Patife
 Bestiario
 Desconcertos - Claudinei Vieira
 Escrevinhadora - Dóris Fleury
 Tudo Lorota
 Eloísa Cartonera
 Bagatelas!
 Projeto Identidade
 Projeto Identidade - Blog
 Palavras e Lugares - Ana Rüsche
 Peixe de Aquário - Ana Rüsche
 Doidivana - Ivana Arruda Leite
 O Carapuceiro - Xico Sá
 Zunái
 Rato de Livraria
 Calíope - Elisa Andrade Buzzo
 Desafórum - Eduardo Lacerda
 Armazém Literário - Fernanda Garrafiel
 Medianeiro - Fábio Aristimunho
 Papel de Rascunho - Virna Teixeira
 Flores, pragas e sementes - Leandro Jardim
 Algaravária
 Qualquer Nota - Pedro Tostes
 O Casulo
 Doces Enjoativos - AnaR/Del Candeias
 De Novo Nada - Paulo Ferraz
 Dragão na Janela - Geraldo Vidigal
 Hay Tomates! - Carol Marossi




Fóton: Literatura e Outras Partículas
 


O CASULO 5

 

 

 

Lançamento d´O Casulo 5
nesta sexta-feira (30/03)
a partir das 20 horas
 
Caminhos da Literatura Contemporânea 
Debate com os professores
Jorge de Almeida, Roberto Zular, Ana Paula Pacheco
e Camila Diniz (editora do Suplemento Literário de Minas Gerais)
Mediação: Frederico Barbosa
 
Onde?
Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Henrique Schaumman, 777 (esq. com Cardeal Arcoverde)
 
No evento também haverá o lançamento da edição mais recente
do Suplemento Literário de Minas Gerais



Escrito por Victor Del Franco às 02h58
[] [envie esta mensagem
]





O CASULO 5

 

 

a Andréa Catrópa VAI,

o Eduardo Lacerda VAI,

a Elisa Andrade Buzzo VAI.

 

E você, VAI ou não VAI?

 

Aguarde. Mais informações em breve.

 

 



Escrito por Victor Del Franco às 23h30
[] [envie esta mensagem
]





CORES E POEMAS

 

 

Conforme anunciado lá no Peixe de Aquário, aqui estão algumas fotos da exposição na Casa das Rosas.

 

 

 

 

 



Escrito por Victor Del Franco às 12h42
[] [envie esta mensagem
]





SEMANA LITERÁRIA

 

 

Pra quem quiser saber um pouco mais sobre o que está acontecendo na Literatura Brasileira Contemporânea, aqui vão algumas dicas:

 

Segunda, 12 de março

 

Lançamentos

 

Livros:
Rilke shake (Angélica Freitas) 
A cadela sem logos (Ricardo Domeneck)
20 poemas para o seu walkman (Marília Garcia)

Revista:

Inimigo Rumor 19

 

Bar Balcão

Rua Melo Alves, 150

a partir das 20 horas

(continua)

 



Escrito por Victor Del Franco às 13h11
[] [envie esta mensagem
]





Quarta, 14 de março

 

CADA POEMA TEM SUA COR

Exposição de Poesia

 

Com a participação dos poetas:

Frederico Barbosa, Donizete Galvão, Glauco Mattoso, Ana Rüsche, Cláudio Daniel, Alice Ruiz, Donny Correia, Andréa  Catrópa, Sandra Ciccone Ginez, Carlos Savasini, Elisa Andrade Buzzo, Diniz A. Gonçalves Junior, ABittar, Del Candeias, Maria Augusta de Medeiros, Renan Nuernberger, Victor Del Franco, Rubens Augusto, Madalena Barranco, Wiliam Celestino.

 

Casa das Rosas

Av. Paulista, 37

a partir das 19 horas

 

*****

 

Colóquio rumos literatura
Itaú Cultural

Av. Paulista, 149

Ingresso distribuído com meia hora de antecedência.


Quarta, 14 de março

17h00: Crítica literária e ficção histórica
            com flávio aguiar, helena pereira, marcio souza e zaíra turchi
            
mediação luís camargo
19h30: Abertura oficial

            palestra com benedito nunes

Quinta, 15 de março

17h00: A crítica e a ciberliteratura
            com andré vallias, marcus bastos e ricardo araújo
           
mediação maria esther maciel
19h30: Funções e importância da crítica literária
           
com alcir pécora, beatriz resende e josé miguel wisnik
           
mediação regina dalcastagné

Sexta, 16 de março

17h00: Crítica literária: entre a academia e a mídia
            com heloísa buarque de hollanda, luiz roncari e mànya milen
           
mediação fábio de souza andrade
19h30: Crítico escritor e escritor crítico
           
com cristovão tezza, josé castello e marco lucchesi
           
mediação flávio carneiro

Mais informações sobre o Colóquio Rumos Literatura

é só clicar aqui.



Escrito por Victor Del Franco às 13h00
[] [envie esta mensagem
]





LATINIDAD 4

 

 

MANEIRAS DE LUTAR

 

Não me digam

que escrevem simplesmente,

que dizem o poema

sem ao menos pensá-lo.

Que ele nasce por si.

 

É um árduo trabalho,

um ofício de ferreiros,

um feitio proletário.

Uma fadiga que continuará amanhã.

 

Não me digam

que poemas são feitos sem suores,

sem uma ampla e violenta jornada de trabalho.

Minhas mãos são como as de um lavrador,

duras, esfoladas, plenas de poemas.

 

(Trad. Victor Del Franco)

 

 

MANERAS DE LUCHAR

Que no me digan
que escriben simplemente,
que dicen el poema
sin pensarlo siquiera.
Que él nace porque sí.

Es un arduo trabajo,
un oficio de herreros,
un hacer proletario.
Un cansancio que continuará mañana.

Que no me digan
que se hacen poemas sin sudores,
sin una larga y violenta jornada de trabajo.
Tengo las manos como las de un labriego,
duras, gastadas, llenas de poemas.

(Rubén Vela)

 

Outros poemas, biografia e obra de Rubén Vela é só clicar aqui.



Escrito por Victor Del Franco às 20h15
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]